Variedades

Para gostar de ler poesia

Para conhecer um pouco da poesia americana moderna, da beat generation. Temas urbanos, até prosaicos, transformados em versos. Muito bom!!    

Leia Mais...

Para imprimir: O menino do pijama listrado

o-menino-do-pijama-listrado

Leia Mais...

Sugestão – Para gostar de poesia

Livro maravilhoso, com poemas lindíssimos que nos fazem sentir criança novamente:

Leia Mais...

Sugestão de livro: Cândido de Voltaire

Houve época em que a ingenuidade era um atributo, correspondia a ser puro, a ser isento de maldade simplesmente por desconhecê-la. Mas será que a realidade comporta pessoas tão límpidas sem massacrá-las? O livro abaixo trata de uma sátira aos costumes românticos que tanto pregava a ingenuidade como forma de entender  o mundo, ou melhor, de ignorar as mazelas humanas por puro escapismo. Se conseguiram ou não sobreviver às intempéries impostas pela vida, só mesmo lendo para descobrir.

Leia Mais...

Mia Couto – O Fio da Missanga – PDF

COUTO,-Mia-O-Fio-das-missangas Livro de Mia Couto em PDF.  

Leia Mais...

Com Olhos de Criança: Francesco Tonnucci

A ESCOLA AOS OLHOS DA CRIANÇA PORQUE O ADULTO JÁ SE ESQUECEU DE COMO ERA!! POR FRANCESCO TONNUCCI Com olhos de crianca[1]

Leia Mais...

As Muitas Formas de Norma Bar

__ Negative Space Art - Noma Bar __

Leia Mais...

livros sugestões

Um livro que indiquei recentemente para uma aluna , de 28 anos, que ainda não tem o hábito da leitura, mas ainda assim foi muito bem aceito,   é o "Xangô de Baker Street" do Jô Soares. É escrito em uma linguagem bastante informal e é muito divertido!!!!! Diversão garantida ou o seu dinheiro de volta!! Para quem deseja uma visão nova da língua portuguesa, indico três livros, todos do Prof. Marcos Bagno: Dramática da Língua Portuguesa Gramática: Passado Presente e Futuro Dois livros que apresentam uma crítica bastante ousada e lúcida a respeito do preconceito linguístico...

Leia Mais...

Medianeras

Assisti ao filme Medianeras, uma produção argentina recentíssima, por indicação de um aluno. Ele dizia que o filme discutia a solidão das grandes metrópoles causada também pelo uso excessivo do celular, e que isso tinha a ver com nossas discussões. Realmente, o filme é uma narrativa moderna, um conto de fadas urbano, com direito ao fantástico e final feliz. A linguagem cinematográfica é bem jovem, rápida, colorida, em vários planos, intercalando vez ou outra com um pouco de animação, foto-reportagem, tudo para mostrar que, apesar das cores, a solidão é cinza. A cidade é Buenos...

Leia Mais...

Laranja Mecânica

Revi o filme Laranja Mecânica e confesso que o achei ainda muito atual. Quando assisti pela primeira vez ao filme, tinha apenas dezesseis anos e saí chocada do cinema. A vida ainda era nova para mim, por isso achava que as maldades do protagonista não passavam de exagero cênico. A estética era revolucionária, sobretudo pela época em que foi rodado, 1971, quando apareciam garotos vestidos com uma indumentária meio punk meio espacial, com roupas que não eram apenas padronizadas, mas uniformes que as gangs urbanas impunham aos seus componentes para distinguirem-se entre si. Não...

Leia Mais...